Gestão De Resíduos

Gestão De Resíduos

fevereiro 6, 2021 0 Por Limpador

Pelo fato de os resíduos gerados por indústrias serem muito diversificados, não existe um tratamento pré-determinado.

Para fazer o tratamento adequado para cada um, são pesquisados diversos fatores, tanto relativos às características do material quanto à viabilidade financeira do tratamento.

Entre os tratamentos de resíduos industriais mais comuns estão aterros – uma das opções para o tratamento de resíduos industriais é o descarte em aterros industriais.

Nesse caso, são utilizadas técnicas que possibilitam que os materiais sejam dispostos de maneira adequada, assim evitando impactos no meio ambiente, bem como riscos à saúde das pessoas. Entenda por que o tratamento de resíduos industriais vai além do cumprimento da legislação ambiental.

Como se vê, há potencial para se abrir um negócio voltado para o tratamento de resíduos industriais. Seguindo os preceitos legais e tendo uma orientação especializada é possível empreender nessa área, aumentando seus lucros.

As empresas especializadas no segmento de tratamento de resíduos industriais devem dispor de equipamentos com alto padrão de eficiência e tecnologia, para fornecer soluções efetivas e atender às necessidades de cada Cliente e resíduo. Um exemplo de resíduo que requer tratamento por tecnologia específica é o solo contaminado por hidrocarbonetos.

Para onde é Destinado e como é Tratado

A destinação correta dos resíduos deve fazer parte da rotina de empresas de todas as áreas. Esse tipo de preocupação começa com a elaboração de um plano de gestão de resíduos, que visa identificar todos os tipos de resíduos existentes na empresa, como efluentes industriais, efluentes sanitários, resíduos orgânicos, recicláveis e a destinação.

Além da preocupação com o meio ambiente, que cada vez mais faz parte da pauta empresarial, há outras implicações para os negócios quando as empresas deixam de tratar seus resíduos.

O primeiro passo para estruturar um plano de gestão de resíduos adequado é fazer a classificação dos resíduos industriais gerados por uma determinada atividade.

A partir disso, podem ser definidas as etapas de manipulação, armazenagem, coleta, transporte, e destinação final, de acordo com cada tipo de resíduo industrial gerado. Entrar para o ramo do tratamento de resíduos industriais pode ser uma opção acertada.

Existem diversas maneiras de efetuar o tratamento de efluentes industriais oleosos, uma delas é utilizar o processo evaporação.

Outro meio bastante usado para o tratamento de efluentes industriais oleosos é a decantação, que separa os resíduos sólidos do líquido, com a utilização de produtos químicos e aparelhos específicos.

Existem diversas tecnologias para o tratamento de resíduos sólidos industriais, incluindo as tecnologias de tratamento térmico e biológico.

Tratamento de efluentes

Categoria Tratamento De Resíduos

Entre as técnicas utilizadas estão a dessorção térmica, a incineração e a biopilha. Além dos aterros, da incineração e do coprocessamento, há ainda a reciclagem como alternativa para o tratamento de resíduos industriais. Desde a criação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, em 2010, o Brasil assumiu um importante compromisso com a ampliação da reciclagem.

Neste estudo sobre o tratamento de resíduos industriais no estado do Rio de Janeiro, Darlan Pereira afirma que o Brasil possui um ritmo acelerado de industrialização, em vista do aumento do consumo e do contingente populacional. Há regiões do país com produção industrial intensa e ausência de unidades de tratamento e destinação final para os RSI.

Por muito tempo as empresas viam a adoção de uma postura pró meio ambiente como um empecilho legal em sua capacidade de produção e crescimento no mercado. Com o tratamento de resíduos industriais pode haver uma redução significativa dos custos de produção e aumento do lucro a médio e longo prazos, sem a necessidade de aumentar a produção normal, o que configura uma empresa sustentável.

O tratamento térmico constitui o terceiro grupo, nele o resíduo recebe uma grande quantidade de calor que, em determinada temperatura, a qual varia de acordo com o tipo de resíduo, ocasiona mudança nas suas características como a redução de volume. Sendo assim, são vários os fatores que influenciam na forma de tratamento de resíduos industriais que será aplicada em cada situação do processo de produção.